Família

Pai assume a guarda do filho e diz: “É machista pensar que ele deveria estar apenas com a mãe”

Este homem deu uma bela lição sobre a importância dos pais na criação dos filhos. Confira!



Em grande parte dos casos, quando um casamento chega ao fim, o mais comum é que os filhos  fiquem sob a guarda das mães e mantenham contatos semanais com os pais.

Muitas pessoas enxergam essa como a forma certa de organizar a família, defendendo que os filhos devem morar com as mães, porque são os familiares com quem têm melhor conexão, por conta da gravidez e dos primeiros meses de vida.

É grande o número de mães que fazem questão de ficar com a guarda dos filhos, seja porque acreditam ser a coisa certa a fazer ou porque têm sérias dúvidas de que o pai cuidará dos pequenos com a mesma dedicação e responsabilidade que elas.


Alguns pais, que já não tinham a intenção de assumir a maior parte da criação e educação dos filhos, aproveitam-se dessa opinião tão popular para se tornar cada vez menos presentes para as crianças, o que acaba por sobrecarregar as mães, que até deixam de exigir os seus direitos pensando no bem-estar dos filhos.

Felizmente, esse não é o caso de todas as famílias. Existem homens com um senso de paternidade incrível e que dão exemplo ao assumir cuidados muitas vezes atribuídos às mães.

Thiago Cunha, um brasileiro que vive no Chile e é um sucesso no Instagram, com quase 500 mil seguidores, é um deles. Em entrevista ao Las Ultimas Noticias, o homem explicou como é a sua relação com a paternidade, e deu um grande exemplo para pais do mundo todo.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@thiagocunha13.


Ele disse que assumiu a guarda do filho Pedro, de 10 anos, há mais de um ano, e defende que essa foi a melhor atitude que pôde tomar. Quando o casamento com Thati acabou, ambos decidiram que o menino deveria viver com ele e ver a mãe a cada 15 dias.

Thiago disse que, embora o “normal” seja que os filhos fiquem com as mães após uma separação, essa foi a decisão que melhor funcionou para eles. O homem contou que Thati ainda está em busca do seu caminho e tem muitas coisas para fazer e, como ele está mais estável, fica com o filho para que a ex-companheira possa realizar os seus sonhos.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@thiagocunha13.

Embora para Thiago isso seja algo normal, ele conta que recebe muitas perguntas sobre o fato de o filho morar com ele. O influencer diz que acha machista o pensamento de que as crianças tenham que ficar apenas com suas mães e acrescentou que a Thati ama Pedro e não é menos mãe por passar menos tempo com ele.


Se mais homens pensassem como Thiago, muitas mães estariam menos sobrecarregadas e mais filhos cresceriam com a certeza de que são amados e apoiados por completo. Ele é uma referência sobre a maneira certa de assumir a paternidade. Que exemplos como o dele se multipliquem!

Filho de trabalhadores rurais, que cresceu em meio à pobreza, forma-se com honras em Harvard!

Artigo Anterior

Pai faz filha caminhar 8 km, sob frio de 2°C, até a escola, porque praticou bullying

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.