publicidade

Aprenda a ver o externo através do interno, sem perder contato com sua alma

Para experimentar a paz interior, é fundamental ter o olhar interno. Tampouco poderá se conhecer e, assim, entender seus dharmas, se não tiver o olhar interno. Você precisa ter tempo consigo mesmo para se amar, para se conhecer e viver sua vida.  



Qual a diferença entre o olhar interno e o olhar externo?

Como isso muda seu bem-estar? Aqui vamos abordar o significado e importância do olhar interno.

Veja aqui meu vídeo sobre este tema: 

Passamos boa parte da vida com o olhar externo. Olhando só para fora, acompanhamos os movimentos das pessoas, das coisas e os acontecimentos. É como assistir a um filme.


E o que acontece quando você assiste a um filme? Você se identifica com ele e começa a sentir os altos e baixos das emoções que isso gera. Uma montanha russa de emoções. E, você, só lá sentado assistindo.

Fazemos assim com a vida. E ficamos ansiosos esperando ver o que vai acontecer, frustrados que nossos planos não deram certo, com raiva que alguém atrapalhou nosso caminho, e assim por diante. Com isso, não há paz.

Esquecemos que nós estamos dentro. Não fora. Você está dentro. Seu corpo é seu veículo, você está dentro e tudo mais está fora. Sem o olhar interno, esquecemos de nós mesmos. 

Pode ver que tudo de bom está dentro. Tudo de melhor começa com você se conectando com seu eu, com o olhar interno. É fácil experimentar.


Basta fechar os olhos, experimentar o silêncio, um simples exercício de mindfulness ou de meditação – e você imediatamente experimenta paz. Quanto mais profundo o momento, mais paz sente. Com a serenidade vem uma sensação enorme de plenitude e bem-estar.

E se você já ativou sua plena espiritualidade, poderá sentir a conexão amorosa, bhakti, diretamente com o Divino, trazendo ainda maior bem-estar e felicidade.

E para experimentar paz interior, é fundamental ter o olhar interno, para acompanhar seus sentimentos, suas sensações e o funcionamento de seu cérebro.

Tampouco poderá se conhecer e, assim, entender seus dharmas, se não tiver o olhar interno. Você precisa ter tempo consigo mesmo para se amar, para se conhecer e viver sua vida.

Crie este hábito de valorizar seu olhar interno. Aprenda a ver o externo através do interno. Ver o mundo, sem perder contato com sua alma, com seu verdadeiro eu. 

Seu amigo,

Giridhari Das


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: nickolya / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.