Não existe acaso. Tudo está sob o controle de Deus.



Cresci cantando aquela deliciosa canção que diz que “o acaso vai me proteger enquanto eu andar distraído”.

Parece lógico, não? Enquanto você não se preocupa com o que acontece ao seu redor, os fatores independentes trabalham para que tudo caminhe.

Mas, pensemos então com um pouco mais de racionalidade. Como pode uma sucessão de acidentes resultar no momento oportuno de algo? Sim, você leu certo, eu disse (ou melhor, escrevi) acidentes, porque bem, segundo o dicionário é isso que os acasos são. “Sucessão de fatos resultantes de causas independentes da vontade; sorte, destino, acidente, eventualidade”.

Sendo então os acasos meras coincidências diárias, é possível a eles alterar o rumo de nossas vidas?

Talvez o que vá ser dito agora pareça absurdo a você, mas não. Sem sombra de dúvida, não. Pois pense: se uma dessas coincidências errar o percurso, todo o restante estará comprometido.

Ou seja, se foi marcado para que às 15:41 do dia 3 de setembro de 2017 Rafael derrube seu sorvete no vestido de Ana e assim, após um pedido de desculpas, eles se aproximem e conheçam, os fatores devem seguir exatamente essa ordem, sem errar em nem um segundo. Pois, se Ana chegar ao parque às 15:42, Rafael terá derrubado seu sorvete em uma criança que caminhava pela calçada, e bem, ele não há de se apaixonar pela criança.

O que estou tentando lhe mostrar é que não há coincidências, e muito menos eventualidades; o que há é um universo conspirando para que tudo aconteça em sua vida da melhor maneira, para que mais adiante as coisas façam sentido.

Assim sendo, não há também coisas melhores ou piores. Não há momentos bons ou ruins. Não há situações desnecessárias e favoráveis. Tudo faz parte de um ciclo de crescimento interior que resultará na sua evolução pessoal.

Por vezes nos vemos inseridos em uma situação aparentemente ruim, como por exemplo, derrubar café na roupa antes de sair para trabalhar. “Oh céus, terei de trocar a camisa” é o que você pensa, e acelerado, com medo do possível atraso, acaba por dizer coisas ruins sobre a situação. Mais tarde, já trocado, sai para trabalhar e descobre que infelizmente o ônibus que o levaria ao trabalho colidiu com uma van, e por isso terá de aguardar pelo próximo. Então, você pensa: “Nossa! Graças a Deus perdi esse ônibus!”. Sim, graças a Deus, e ao café que outrora foi derrubado em sua roupa. Percebe como tudo contribui para o resultado final?

Ou quando uma dificuldade financeira assombra sua família, e você se entristece pensando que nos últimos anos apenas coisas ruins aconteceram em sua vida. Mas, em meio ao turbilhão de dívidas percebe que o amontoado de contas lhe ensinou a conviver com menos dinheiro e mais amor, e isso serviu para fortalecer seu casamento e lembrar sobre como é gratificante ter ao seu lado uma pessoa amiga que lhe ama.



Tudo o que acontece ao seu redor tem um motivo específico para acontecer, e da mesma forma, tudo aquilo que não acontece têm um porquê para não ter se concretizado.

Por vezes esperamos tanto por algo, ficamos ansiosos, sem fome e sem sono pensando sobre o quanto queremos a promoção do emprego, a volta do namoro que foi encerrado, ou um filho do sexo masculino, que não percebemos que o que mais desejamos no momento é apenas isso: desejo.

Não estamos à procura de algo que nos acrescente e fortaleça, apenas queremos satisfação do ego, e isso não é bom. O que queremos e o que precisamos geralmente não são a mesma coisa, e entre um ou outro, opte por sua necessidade, pois é ela quem mais adiante poderá definir um novo estágio.

Precisamos de um emprego que nos incentive a crescer, mas queremos apenas um que nos pague melhor e emende feriados. Precisamos de um parceiro que nos ame na totalidade do ser, mas queremos apenas alguém que nos faça companhia aos finais de semana. Precisamos nos sentir bem em nossa graduação para ser bons profissionais, mas queremos apenas um diploma para participar de concursos públicos.

E Deus tem tão mais a nos dar; basta crermos e permitirmos que ele faça com que tudo aconteça da maneira como planejou.

Por isso, pare de tentar de todas as formas fazer o vento da vida soprar em sua direção favorita. Deixe de criar expectativas sobre o tal acaso, pois ele não existe. Agradeça pelo que está vivendo ao invés de constantemente reclamar da sorte. Você está no carrossel de Deus, mais conhecido como universo, e a música está tocando de acordo à maneira como você deve dançar.

Não se preocupe com as situações que parecem lhe fugir do controle; quando as rédeas não estiverem na sua mão estarão nas mãos daquele que tudo criou, e se há alguém que entende da obra, esse alguém é o criador de tal.

Apenas viva seus momentos, sabendo que ao seu redor tudo está conspirando a seu favor, e quando parecer que não, preste um pouco mais de atenção em seu interior; as respostas que procura estão dentro de você.

__________________

Direitos autorais da imagem de capa: grooversyd / 123RF Imagens






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.