Não importa o quanto uma pessoa te ama, se ela não te respeita, de nada serve

O respeito é a base de qualquer relacionamento. Sem ele, não é possível suportar a vida ao lado de outra pessoa, seja ela quer for: familiar, parceiro romântico, amigo ou até mesmo alguém que conhecemos aleatoriamente em alguma fila de espera.

Desde nossas interações temporárias até as definitivas, todas precisam desse ingrediente especial para que se desenvolvam bem e nos tragam os melhores resultados possíveis.

Especialmente no mundo dos relacionamentos, o respeito é imprescindível. Afinal, não é possível construir uma história ao lado de outra pessoa que não faz o mínimo para que a relação seja agradável e satisfatória para os dois lados.

O amor verdadeiro e incondicional, pilar dos relacionamentos felizes, não pode surgir em meio a um ambiente cercado por negatividade e caos.

Provavelmente, alguma vez em sua vida, você já se relacionou com alguém que não o respeitava. Essa pessoa não reconhecia suas habilidades, não o parabenizava por suas conquistas e não estava presente nos momentos mais importantes de sua vida. Pelo contrário, ela encontrava todos os tipos de justificativas para se manter longe e sempre encontrava alguma maneira de criticá-lo e fazer parecer que você não era bom o suficiente.

Só quem vive um relacionamento como esse sabe quanta dor ele desperta, e ninguém nasceu para ser infeliz nas mãos de outras pessoas. Nós somos seres especiais, belos e suficientes por conta própria, não precisamos nos esconder atrás de alguém que apenas nos faz mal. Por isso, é essencial saber identificar a falta de respeito em seus relacionamentos.

Cada casal tem sua própria rotina e maneira de enxergar as coisas. Portanto, o que parece absurdo para uns pode ser normal para outros.

Ainda assim, existem algumas coisas que são erradas em todos os relacionamentos, porque revelam uma profunda falta de amor e respeito. Veja na lista abaixo.

  • Ridicularizar o parceiro sozinho ou na frente de outras pessoas
  • Fazer com que seu parceiro se sinta incapaz ou descartável, menosprezar seus sonhos, projetos, atividades, etc.
  • Desencorajá-lo a seguir seus sonhos
  • Mentir para ele para obter vantagens
  • Fazer piada com seus medos ou inseguranças
  • Desejar controlar a sua vida e ser prioridade em tudo
  • Querer ter autoridade única nas decisões de casal
  • Controlar as pessoas com quem o parceiro interage
  • Limitando os relacionamentos normais e inofensivos do outro
  • Ignorar as necessidades do parceiro e focar apenas em si mesmo
  • Recusar-se a conversar para resolver os problemas da relação, ao invés disso focar apenas nos próprios interesses, fazendo com que as coisas piorem cada vez mais

A lista continua. Quando começamos a nos relacionar com outra pessoa, precisamos aprender a ceder em algumas coisas, mas nunca podemos permitir que ela nos manipule mental e emocionalmente.

É melhor estar sozinho do que com alguém que não o ajuda a crescer. Portanto, lembre-se sempre de que você não é obrigado a estar em um relacionamento ruim, e que sempre é possível buscar ajuda para encontrar a sua paz e felicidade de novo. Você é livre para escolher que tipo de realidade deseja viver.

Aproveite a sua vida ao lado daqueles que o fazem ser uma melhor versão de si mesmo, do resto, mantenha distância, e lembre-se: sem respeito, o “amor” de nada serve.




Deixe seu comentário