ColunistasFelicidade

O medo da felicidade pode paralisar

O medo da felicidade

Algumas pessoas têm medo serem felizes. A felicidade precisa ser conquistada e por esse motivo é necessário um movimento, uma ação de quem quer ser feliz.



Para se procurar a felicidade, é preciso em primeiro lugar aceitar que não se é feliz onde se está e da forma que está vivendo. Essa aceitação muitas vezes pode provocar muita dor ou sentimento de fracasso e por isso mesmo algumas pessoas preferem deixar para lá, acreditar que a vida é assim mesmo ou que não têm nada a fazer, ou mesmo acreditar que a nossa felicidade depende de outras pessoas, e com esse pensamento não agem em direção à felicidade.

Aceitar que nossa felicidade depende única e exclusivamente de nós mesmos, pode ser ter que admitir que falhou, pode ser chegar à conclusão de que se cometeu muitos erros, é estar disposto a sair da posição de vítima, sair de uma posição confortável de inércia.

É muito mais fácil quando culpamos alguém pelos nossos sofrimentos, mas é também verdade que quando agimos dessa forma, além de não melhorar em nada a nossa vida, ainda damos aos outros o poder sobre a nossa felicidade.


Quem se coloca no papel de vítima, sempre será vítima e jamais saberá o sabor que tem a liberdade. O recomeço não é fácil, mas é libertador!

Colocar limites em todo tipo de relacionamento é uma das formas mais simples e mais difíceis de sair da posição de vítima de começar a ser protagonista da própria história. No começo as pessoas vão estranhar, afinal de contas você sempre “aceitou” que elas ultrapassassem os seus limites, e não basta falar, é necessário agir de forma que fique claro o que você aceita e o que não aceita mais para a sua vida e esse processo é muito importante! Estamos falando da sua felicidade.

Pode ser que você perca alguns amigos ou até mesmo o seu relacionamento amoroso acabe, seus filhos estranhem, sua família diga que você mudou, mas tenha certeza de que você fará novos amigos, amigos que o admiram e que se identificam com você, você terá novos relacionamentos amorosos, se assim tiver vontade e nesse relacionamento seu companheiro (a) saberá exatamente o que você aceita e o que não aceita.

Quando você perceber, sua vida já não é mais a mesma, você vai olhar para o passado e ver o quanto mudou, vai perceber que nem você mesmo(a) sabia que poderia ser tão feliz!


A felicidade não é falta de problemas, é resolver o que pode ser resolvido da melhor forma possível, é aceitar os próprios erros e, principalmente, saber que você não vai aceitar para a sua vida nada e nem ninguém que não lhe faça bem.

Ser feliz dá trabalho, mas é libertador e a liberdade tem um gosto maravilhoso e inexplicável!

Ser feliz é estar em constante movimento, é ter a paz de saber que se fez tudo o que se podia fazer e que se não deu certo da primeira vez, você vai tentar quantas vezes for necessário, até alcançar exatamente o que deseja.

A felicidade vem de você e contagia o seu redor.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / teolazarev


Não, nós não queremos um amor morno apenas para dizer que temos um amor

Artigo Anterior

Filmes para quem está passando por um período de autoconhecimento

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.