4min. de leitura

Persista. Mantenha o foco no que vale a pena. Viver é persistir em ser feliz!

Estamos vivos, e devemos insistir em tornar a nossa vida uma vida agradável, nós merecemos!

Existem situações bloqueadoras, que tornam impotentes nossas ações.


Ocorre quando surge desconforto, e o desconforto gera vários tipos de transtorno.

Todos nós temos problemas. Tudo bem, que sejam resolvidos então.

Ansiedade é algo que eu mesmo trabalho para não ser dominado, pois as expectativas verdadeiras e falsas geram impotência para realização de nossos objetivos, de alcançarmos nossas metas.


Praticar Yoga, ajuda-me de maneira significante para trabalhar meu corpo e mente, com práticas de respiração, equilíbrio e meditação.

Soluções, quando se quer, são encontradas, basta procurar.

Como somos diferentes uns dos outros, os questionamentos e respostas variam para cada ser.

Ter consciência de como se está neste momento, contribui para que o tamanho do problema diminua.


Dizer para si: estou com problema, estou com problema, estou com problema, não ajuda em nada.

Dizer para si: Como vou resolver o problema? O que eu preciso fazer para resolver o problema? E buscar ajuda e recursos para resolver o problema, seja pessoal, financeiro, espiritual, físico, é o primeiro passo.

Devemos deixar de ser expectadores para ser atores.  Em vez de observar, devemos por em prática.

Hoje, para todas as áreas imagináveis, existem pessoas para dar auxílio no que for preciso.

Para dinheiro, existem especialistas da área financeira.

Para o mental, existem especialistas da área psicológica, treinadores, terapeutas, coaching profissionais, etc.

Para o espiritual, existem as religiões.

Para o amor, existe Deus.

Para tudo, existem os amigos.

Persistir, devemos persistir. Manter o foco no que vale a pena investir. O presente momento é sempre o ideal.

Não estar bem no presente momento, não significa que sempre a vida foi ingrata.

Não estar bem no presente momento é uma forma de relembrar as vitórias alcançadas, e o que de bom aconteceu na vida, pois são conquistas pessoais importantes.

Reconhecer o porquê das coisas acontecerem, agradecer por entender, aceitar, e principalmente, tomar a decisão de querer mudar, é o que importa.

Ser questionado e buscar respostas: esta é a solução.

Na verdade, somos como crianças, como bebês, apenas fazendo o caminho inverso.

Devemos ser como crianças para receber o que Deus nos tem reservado.

Somos imitadores uns dos outros, dependentes uns dos outros, e as crianças fazem isso com perfeição: imitam, não apenas para fazer igual (ninguém faz), mas para experimentar o que o outro sente.

As crianças possuem um histórico dentro de seu interior.

O amadurecer tem a tendência de rasurar esse histórico.

Embora, certamente, se o histórico é ruim, é necessário renascer, refazer, renovar, para viver a vida melhor.

Quando se tem mais calma, e contemplamos o silêncio, temos serenidade e equilíbrio.

Somos os únicos responsáveis por nossa felicidade. Depende de nós.

Sermos a expressão de nós mesmos, e não dos outros, é ser.

Persistir em melhorar é persistir em ser.

Normalmente, não existem segredos, nem fórmulas mágicas, para soluções instantâneas.

Para o mental e intelectual, existem as orações, mantras, e outras coisas, que conduzem o nosso pensar a ter um relacionamento com Deus.

Viver é persistir em ser feliz!

____________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: deklofenak / 123RF Imagens





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.