Pessoas tóxicas – Afaste-se delas!

Existem pessoas que nós não gostamos nem de chegar perto não é mesmo?  Simplesmente, não nos sentimos bem perto delas e, talvez, elas só tenham uma frequência vibratória diferente da nossa, e está tudo bem!

Porém, o problema pode ir, além disto, e você se sentir baixo astral com a presença desta pessoa ou até com problemas físicos que vão de dores de cabeça até cansaço extremo.

Vejamos alguns comportamentos de pessoas tóxicas e os sintomas que a presença dessas pessoas pode nos causar:

1. O Reclamão

Você já tentou falar para alguém algum problema e a pessoa falou todos os delas, diminuindo o seu? Uma doença, por exemplo: Você reclama que está com gripe e o outro diz que tem de queda de cabelo a unha encravada? Ou aquela pessoa que está insatisfeita com tudo é o chefe, o marido, os filhos, o empregado, o balconista. Gente que só reclama! Tenho certeza que sim, então, afaste-se e a qualquer ameaça da próxima reclamação, mude o rumo da conversa falando do lindo dia de Sol, que com certeza será rebatido com alguma reclamação do seu ouvinte, e esta é hora de você testar sua gratidão e dizer tudo de bom que encontrar e não se conectar com a reclamação.


2. Sanguessuga

Sabe os amigos de conveniência?  Que só nos procuram quando precisam de algo?

Ou pior, aqueles que estão sempre por perto, mas a todo momento querem atenção total e você se sobrecarrega para atendê-los?

Você não precisa deles ou, pelo menos, pode impor limites.


3. Controladoras

Existem pessoas que estão o tempo todo perguntando sobre sua vida e lhe dizendo o que fazer, mas você sabe muito pouco sobre ela. Esta também é um tipo de pessoa tóxica, pois não se envolve, não há troca neste tipo de relação, apenas controle de dizer o que você deve ou não fazer. Além do clássico, que são aqueles que não permitem você ser que é e querem que você faça apenas o que eles querem. Pessoas vitimistas costumam ser controladoras também.


4. Vítimas

Às vezes é tão sutil e cotidiano que nos acostumamos com pessoas que se vitimizam. Elas estão em todos os lugares e manipulam os outros através do sentimentalismo. Não, não é sentimento! É simplesmente uma maneira de fazer o outro se sentir culpado se algo não acontecer do jeito que eles querem. Você não me ama; você não faz nunca nada por mim; faço tudo por você, o que custa fazer isso por mim? Eu não tenho a mesma oportunidade das outras pessoas; só você tem razão. Esses são alguns exemplos, entre outras chantagens emocionais.

A primeira coisa que precisa entender é que isso não tem nada a ver com você. O que falta para o comportamento vitimista é se autorresponsabilizar e deixar de culpar o outro.


5. Invejoso

Às vezes, você tem a impressão, mas prefere deixar para lá a acreditar que aquela pessoa que gosta sente inveja de você. Mas, preste atenção, pois sua intuição pode estar certa e muitos dos seus projetos podem ser prejudicados pelo famoso olho gordo. Outro grupo que você deve desconfiar pelo mesmo motivo, são pessoas que não consegue elogiá-lo, e elogia apenas coisas ao seu redor e não aquilo que você faz. Eu tive uma pessoa que trabalhou comigo uma época, que após eu produzir cabelo e maquiagem de alguém, ela falava do sapato, da roupa, de qualquer coisa, menos do que eu havia feito. Na época não percebia, mas após vários problemas com ela, inclusive me roubar, aprendi que este também é um sinal.


6. Negativos

Embora os negativos sejam uma mistura de todas as pessoas tóxicas que estou descrevendo aqui, acredito ser importante falar deles de forma diferenciada.

Esses são aqueles que arrumam um problema para cada solução. Não veem o lado bom de nada e acreditam que o mundo é contra eles.  Poderiam ser classificados também como ingratos. O pior é que coisas ruins sempre o cercam, por exemplo, é capaz de vocês fazerem um pedido em um restaurante juntos e o dele atrasar, e até mesmo seu pedido vir melhor que o dele. A lei da atração é o que faz isso acontecer. Por isso cuidado para não se misturar com essa negatividade toda


7. Fofoqueiros

É natural vez ou outra você cair na tentação de falar mal de alguém, mesmo que a gente não tenha nada a ver com isso, nós nos incomodamos por vários motivos e terminamos cometendo este “ato falho”

Mas existem pessoas que falam mal do outro o tempo todo, e pior que isto inventa situações. O fofoqueiro fará isso com você também, acredite. Além de baixar sua energia com este tipo de conversa que, definitivamente, não é nem um pouco produtiva.

Fique alerta com as pessoas tóxicas!

Tenho certeza de que você identificou pessoas ao seu redor assim. Devemos ter cuidado com estas informações e usar meramente para proteger nossa vibe positiva. Quando nos colocamos a julgar se o outro está certo ou errado, estamos tão ou mais errado que ele. Tenha o discernimento de perceber e se proteger.  A melhor forma de fazer isto é melhorando aquilo que enxerga no outro em você mesmo. E até se afastando quando possível.

E cuidado para não ser essa pessoa tóxica. Olhar para nós mesmos e assumir nossos erros é uma das ações mais positivas que podemos ter. 

Autoconhecimento é a chave para todas as vitórias, reveja suas atitudes e alinhe-se com seu propósito.  Nós não podemos mudar ninguém, só a nós mesmos, por isso, seja uma pessoa saudável, em todos os sentidos!

Com amor e gratidão.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: zinkevych / 123RF Imagens



Deixe seu comentário