Vida: a dança que não conseguimos perceber

3min. de leitura

Na vida precisamos desenvolver as mesmas habilidades da dança: ouvir a música e dançar conforme ela se apresente, dando o melhor de si. 

Na dança, é preciso essencialmente sentir a música. E quando eu digo sentir a música, é perceber, a cada momento, qual movimento ela pede.



Para isso, é preciso desenvolver a sensibilidade corporal e a percepção também do ambiente.

Na vida precisamos desenvolver as mesmas habilidades da dança: ouvir a música e dançar conforme ela se apresente, dando o melhor de si.

Acontece que, às vezes, estamos “desconectados” da música, da dança, e do momento presente. Dançamos fora do ritmo, preocupados demais em errar ou acertar o passo. Olhamos demais para os pés, ou demais para o alto; não se ouve a música, não se nota o parceiro de dança e muito menos a si mesmo. Esquecemos de olhar para frente!


A ansiedade toma conta e queremos adivinhar qual o próximo passo do parceiro, ou ainda, qual a próxima melodia da música e nesse “adiantamento” constante, perdemos o ritmo, justamente porque queremos evitar o desencontro.

Eu mesma já perdi as contas de quantas vezes me enganei, seja por me antecipar sobre as situações, seja por permanecer inerte diante delas.

Para aprender a dançar, é preciso tempo e paciência, sensibilidade e coragem, e quem nasce com a paciência e a coragem necessária para se deixar guiar pela música?

Quem, desde sempre, possui a sensibilidade necessária para saber o momento de agir e o momento de esperar? Ainda não conheço.


Seja para a dança ou para a vida, ambas requerem uma atitude de abrir-se para o novo.

Nunca estamos totalmente prontos, mas é preciso coragem e sensibilidade para dançar conforme a música! 


Direitos autorais da imagem de capa: Cody Black on Unsplash

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

* Matéria atualizada em 05/08/2018 às 15:26






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.