5min. de leitura

Estudo confirma: cães podem sentir se uma pessoa é má ou não

Como todos os donos de cães sabem, esses animais, além de amorosos e cuidadosos, também são extremamente inteligentes. Eles têm um grande nível de percepção social, tanto com humanos quanto com outros cães.


São muitas as pesquisas que comprovam a inteligência incrível dos cães, ressaltando que eles têm a habilidade de perceber emoções humanas e até mesmo sentir ciúmes. Essas e muitas outras qualidades especiais fazem deles os melhores amigos do homem. No entanto, não para por aí. Uma pesquisa recente também confirmou que esses animais têm a capacidade de sentir se uma pessoa é ou não é confiável.

Essa descoberta foi feita através de um estudo realizado sobre o comando de Akiko Takaoka da Universidade de Kyoto, no Japão, e publicado na revista Animal Cognition.


O estudo funcionou da seguinte maneira: 34 cães foram submetidos a três rodadas de experimentos baseados no ato de apontar.

Quando apontamos para algum lugar, os cães correm para explorá-lo. Isso mostra que compreendem o significado desse gesto. Através do estudo, os pesquisadores queriam avaliar até onde vai o nível de compreensão desses animais, e se sabiam diferenciar quando estavam sendo enganados pelo apontar de alguma pessoa.


  • Na primeira rodada do experimento, os pesquisadores apontaram para um recipiente cheio de comida que estava escondido.
  • Na segunda rodada, apontaram para um recipiente vazio, também escondido.
  • Já na terceira rodada, eles apontaram novamente para um recipiente com comida, no entanto os cães não reagiram ao ato, apenas permaneceram onde estavam.

Para o líder do estudo, Akiko Takaoka, os cães se basearam nessas três experiências com os pesquisadores para definir se eram confiáveis ou não. Na percepção dos animais, esse grupo de pesquisadores não era confiável, pois apontou para um lugar onde não havia nada.

Após essa primeira experiência, uma outra pessoa apontou para o mesmo lugar da terceira rodada e, desta vez, os animais reagiram.

Takaoka mostrou-se surpreso ao perceber como os cães podem julgar a confiabilidade de uma pessoa rapidamente, e como também passam da confiança à desconfiança rapidamente.


“Eles têm uma inteligência social mais sofisticada do que pensamos, que evoluiu seletivamente em sua longa história ao lado dos seres humanos”.


O estudo realizado pela equipe de Takaoka também mostrou que as coisas mais previsíveis costumam atrair mais os cães. Dessa maneira, quando as coisas se tornam incertas, eles podem ficar estressados, agressivos ou temerosos.

Apesar de serem mais sensíveis ao comportamento humano, os cães não incorporam muitos de nossos hábitos. Por exemplo, eles não possuem tantos preconceitos, não ficam presos em momentos passados ou futuros e agem de forma mais reativa do que reflexiva.

Evidências também mostram que quando se trata de sua família, os cães não perdem a confiança facilmente, mas usam seus outros sentidos para encontrar o que seus donos o apontaram: “Por exemplo, muitos cachorros de família podem ignorar os gestos que seus donos fazem quando eles apontam incorretamente e usam a memória para cheirar e encontrar o que estava escondido”, disse Brian Hare, pesquisador envolvido no estudo.

Esse estudo mostra que nossos cães têm uma grande capacidade de percepção e julgamento. Portanto, confie mais em seu cão quando ele mostrar um comportamento atipicamente negativo perto de alguém, ele é um bom julgador de confiabilidade!


Direitos autorais da imagem de capa: Mike Burke / Unsplash





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.