7min. de leitura

Mulher manda mensagens para o celular do pai que morreu e recebe resposta de homem que perdeu a filha

Perder alguém que amamos muito é uma das experiências mais dolorosas que podemos enfrentar.


Seguir nossa vida sem aquela pessoa ao lado é algo muito difícil, por isso cada um de nós encontra uma maneira particular de lidar com essa situação. Alguns se isolam, outros se aproximam daqueles que amam e ainda há quem continue em conexão com a pessoa que se foi por meio de situações do dia a dia. 

Chastity Patterson é uma norte-americana de 23 anos, do estado do Arkansas, que perdeu o pai há quatro anos, e durante todo esse tempo mandava mensagens para o número que pertencia a ele, contando as novidades de sua vida. Ela via nessa atitude uma maneira de preservar a relação com o pai e, ao mesmo tempo, sentir que ele ainda estava por perto. No entanto, ela não imaginava a grande surpresa que receberia após o envio de uma dessas mensagens.

O número que era de seu pai foi passado para outra pessoa, que durante esse tempo acompanhou cada uma das mensagens enviadas por Chastity e finalmente resolveu responder à jovem. A mensagem que motivou a resposta falava sobre o aniversário de quatro anos da perda de seu pai.


Confira na íntegra:

mulher mandava mensagens2

“Oi, pai, sou eu. Amanhã será um dia difícil de novo! Já faz 4 anos desde que eu te perdi e nenhum dia passa sem que eu sinta saudade. Muita coisa aconteceu neste pouco tempo. Eu venci o câncer e não fiquei mais doente desde que você estava aqui, como te prometi que cuidaria melhor de mim mesma! Eu terminei a faculdade e me graduei com honras. Agora eu voltei e estou terminando de novo! Eu me apaixonei e tive o coração quebrado (você teria matado ele), mas eu catei os meus cacos e me tornei uma mulher mais forte. Eu perdi todos os meus amigos e fui ao fundo do poço, mas eu achei alguém que entrou na minha vida e me salvou! Eu não tenho nenhum filho ainda, você ficaria feliz com isso, mas estou pronta! Eu ainda deixo a mamãe louca todo dia, mas mantenho ela em atividade. Sinto muito por não ter estado lá quando você mais precisou de mim, mas um dia teremos a chance de ver aquele jogo! Eu tenho medo do casamento porque vou ter que andar por aquele longo corredor sozinha e você não vai estar lá para me dizer que tudo vai ficar bem. Eu estou indo bem, você ficaria muito orgulhoso da mulher que eu me tornei… Nããão, eu ainda sou linguaruda e minha atitude não mudou. E não, eu não ganhei peso, ele vai todo para a minha cabeça. Só queria dizer que te amo e realmente sinto saudade.”


Para Chastity, essa era apenas mais uma mensagem que ficaria sem resposta, mas ela teve uma grande surpresa quando recebeu a seguinte mensagem do antigo número de seu pai:

“Oi, querida, eu não sou o seu pai, mas estou recebendo todas as suas mensagens dos últimos 4 anos. Eu já ficava esperando suas mensagens matinais e as atualizações noturnas. Meu nome é Brad e eu perdi minha filha em um acidente de carro, em 2014, e suas mensagens me mantiveram vivo. Quando você me enviou a mensagem, eu sabia que era algo de Deus. Sinto muito por você ter perdido alguém tão próximo de você, mas eu te ouvi por todos esses anos e vi você crescer e passar por mais coisas do que todo mundo. Eu já queria ter te respondido, mas não queria partir o seu coração. Você é uma mulher extraordinária e eu queria que minha filha tivesse se tornado a mulher que você é. Obrigado pelas suas atualizações diárias, você me lembrou de que existe um Deus e de que não é por culpa d’Ele que minha pequena menina se foi. Ele me deu você, meu pequeno anjo, e eu sabia que esse dia viria. Tudo vai ficar bem, você se esforçará todo dia para fazer brilhar a luz que Deus te deu. Sinto muito por você ter precisado passar por isso, mas se isso ameniza algo, estou muito orgulhoso de você!”

A resposta do homem desconhecido realmente tocou o coração de Chastity, porque ela percebeu que eles tinham algo em comum: a perda de alguém que amavam, e as mensagens que enviou, de alguma maneira, também os ajudaram a enfrentar a dor de forma positiva. 

Chastity postou as mensagens no Facebook e a publicação logo viralizou, chegando a mais de 300.000 compartilhamentos.

“Hoje foi o sinal de que tudo está bem e de que posso deixá-lo descansar”, disse ela. “Eu compartilhei as mensagens com minha família e com meus amigos para mostrar que há um Deus, e que pode demorar 4 anos, mas Ele aparece na hora certa.”

Essa é uma história especial, que mostra que as aleatoriedades da vida nem sempre são realmente coincidências, e que não importa a dor que estejamos sentindo, sempre podemos encontrar conforto e propósito, sozinhos ou com a ajuda de outras pessoas.

Mesmo sem saber, Chastity ajudou uma pessoa que passou pela mesma situação que ela por quatro anos, e certamente a vida dos dois foi transformada depois desse encontro.

Muito lindo, não é? Compartilhe a história com seus amigos nas redes sociais!

 

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos. Direitos autorais da imagem de capa: reprodução Facebook/Chastity Patterson.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.