Da próxima vez em que você perder sua paciência, lembre-se deste ensinamento

Algumas vezes em nossos relacionamentos nós perdemos a paciência, e isso é normal, faz parte da condição humana. Apenas temos que ficar atentos com as consequências que a falta de paciência nos causa, porque isso pode nos causar danos que dificilmente são reparados.

O ensinamento que trazemos abaixo explica melhor porque temos que pensar antes de agir de cabeça quente. Leia com atenção e reflita sobre a lição apresentada.

Este ensinamento conta a história de um jovem que tinha sérios problemas de comportamento. Quando se estressava, ele perdia o controle e falava tudo o que vinha em sua mente, sem pensar nas consequências que suas palavras poderiam ter sobre sua vida e seus relacionamentos.

O pai do menino, percebendo que sua atitude era prejudicial, decidiu ensinar-lhe algo muito importante. Então, um dia, ele deu a seu filho um pacote de pregos e disse-lhe que toda vez que ele perdesse a paciência, deveria passar um prego pela porta.

Como o menino vivia estressado, não demorou muito para a porta estar cheia de pregos, o que o fez refletir sobre seu temperamento explosivo, que o fazia agir com agressividade, prejudicando muitas áreas de sua vida. Então, com o tempo, o menino começou a aprender a controlar seu gênio.

Ele não queria mais viver daquela maneira, em uma constante onda de estresse e autossabotagem. Dessa maneira, descobriu que poderia ter controle sobre suas palavras e raiva. Ele praticava o autocontrole todos os dias, até que um dia viu que não havia mais pregos sendo colocados na porta.

Percebendo que o filho estava progredindo, o pai apresentou-lhe um novo desafio: a cada dia que não perdia a paciência, o menino deveria puxar um prego da porta, até que não sobrasse mais nenhum preso.

Com o passar dos dias e muita dedicação, o menino chegou animado para o pai, dizendo que a porta estava completamente livre de pregos. E, apesar de essa ter sido uma grande conquista, ainda havia algo que seu pai queria lhe ensinar.

Então, pegou seu filho pela mão e o levou até a porta. Chegando lá, disse-lhe: “Você tem trabalhado duro, meu filho, mas veja todos esses buracos na porta. Você deixou cicatrizes nela, esta porta nunca mais será a mesma. Você pode ter removido os pregos, mas a ferida permanecerá ali e não há como voltar atrás. O mesmo funciona com os seus comportamentos, por mais que se desculpe, as feridas permanecerão”.

O menino entendeu e aprendeu que palavras não desfazem o mal causado por comportamentos agressivos. O pai continuou: “Agora precisamos trabalhar muito mais para consertar a porta. Você tem que consertar cada buraco e isso não será fácil. Agora você entende?”

O menino entendeu a lição e, a partir daquele dia, nunca mais deixou palavras negativas saírem de sua boca.

Essa é uma lição que deve ser aprendida por todos nós. Nossas palavras têm poder e devem ser proferidas com muita responsabilidade, porque não temos como voltar atrás.

Reflita sobre isso. Use suas palavras para abençoar, e não prejudicar a sua própria vida e daqueles ao seu redor.

Se gostou da mensagem, deixe um comentário e compartilhe com seus amigos!



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: mihalec / 123RF Imagens



Deixe seu comentário