4min. de leitura

É preciso paciência e respeito para conviver com as pessoas que sofrem de ansiedade

Conviver com a ansiedade não é nada fácil, são muitos os desafios que nos acompanham todos os dias, insegurança, cansaço, fadiga, aperto no coração, entre muitos outros.

É desgastante tanto para quem sofre, quanto para convive com o sofrimento do outro. Cada dia é uma luta particular e uma busca por melhora que nem sempre parece render resultados.


A ansiedade é um sentimento muito intenso que toma conta da gente ao imaginarmos alguma situação que pode ou não acontecer, e nos causa confusão na percepção da realidade, nos colocando em situações desagradáveis e muitas vezes perigosas. Ela não tem um motivo aparente para acontecer, pode ser engatilhada por questões específicas ou simplesmente surgir, sem nenhuma razão aparente.

As pessoas que sofrem de ansiedade nem sempre sabem como seguir suas vidas de uma maneira saudável, por isso muitas vezes podem acabar se isolando, adotando novos comportamentos ou seguindo caminhos que não são os mais indicados.

Elas precisam encontrar uma maneira de lidar com sua condição com tranquilidade, sem comprometer sua felicidade e qualidade de vida. Por isso é tão importante a presença das pessoas queridas (amigos, familiares) e também a busca por tratamento, que pode incluir terapia e medicamentos.


Como podemos ajudar alguém que sofre de ansiedade

Apesar de muito delicada, a situação de uma pessoa com ansiedade pode ser melhorada. O tratamento é uma grande parte do processo de recuperação, mas também é fundamental que as pessoas que convivem com quem luta com a ansiedade entendam que não é um momento fácil, e que é preciso muito respeito e compreensão, além de paciência.

A ansiedade é séria e debilitante e sua influência precisa ser reconhecida por todos os envolvidos na situação para que o paciente possa realmente ter uma melhora significativa.

De nada adianta um tratamento positivo e saudável se em casa as pessoas que deveriam estar do nosso lado nos menosprezam, desacreditam ou diminuem a nossa situação. O apoio e amor é essencial no processo de recuperação, bem como o entendimento de que a pessoa não está em seu melhor estado, e que precisamos fazer nossa parte enquanto família ou amigos para que ela encontre o seu caminho certo.


É gratificante fazer parte da transformação da vida de alguém, faça a sua parte por aquele que precisa de você. Cuide do seu amigo, filho, irmão com carinho, não deixe que a pessoa se sinta um peso e sempre incentive a busca por um tratamento positivo. Isso é de fundamental importância para aqueles que precisam de ajuda.

Entenda que no momento, você é aquele que está melhor, e tente manter a calma e o respeito acima de tudo. Não desista, lute pelo bem e felicidade daqueles que você ama. O amor, o apoio e a segurança são tão poderosos quanto qualquer medicamento, e também ajudam na cura!






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.